De quase atacante a goleira: conheça Claudice, o paredão do Duque

Jogadora é um dos destaques das Meninas de Ouro no Carioca Feminino

Por: Anderson Lima
23/11/2018 – 13:13
Foto: Anderson Lima / DCFC / Agência AMS

No futebol, é normal alguns jogadores mudarem de posição ao longo dos anos, como alguns laterais que viram meias, por exemplo. O que é incomum, no entanto, é uma atacante virar goleira ou vice-versa. É o caso da arqueira Claudice, titular da equipe feminina do Duque de Caxias. Maranhense de Vargem Grande, cerca de 170km da capital São Luís, viu no Tricolor da Baixada uma chance de fazer o que mais gosta: jogar futebol em bom nível. Aos 24 anos, ela conta que, caso não desse certo debaixo da trave, iria atuar na frente, marcando gols.

– Cheguei no Duque de Caxias há dois anos e ser atacante era a minha segunda opção, caso eu não desse certo no gol. Eu era atleta de futsal e, no início, a transição foi um pouco complicada, pois são dinâmicas completamente diferentes. Desde então, venho trabalhando bastante e ganhando confiança a cada dia que passa. Com os treinos e jogos, consegui me adaptar à posição, aprendi a gostar e amar cada vez mais ser goleira – explicou.

Nesta temporada, foram três decisões por pênaltis: uma na fase preliminar do Brasileirão Série A2 e duas no mata-mata do Campeonato Carioca. Ao todo, Claudice fez quatro defesas, contou com a ajuda da trave em outra duas oportunidades e com dois chutes para fora de adversárias. Sempre tranquila à frente da meta, a goleira afirma que se demonstrar nervosismo, pode atrapalhar as companheiras.

– É um sentimento de felicidade e de confirmação do meu trabalho, pois sempre tento dar o meu melhor em todos os jogos. Nas disputas de pênalti, não fico nervosa, pois estou preparada para essas decisões. Se, por algum momento, eu apresentar nervosismo, posso até atrapalhar as companheiras e deixá-las também nervosas. Por conta disso, fico tranquila e passo tranquilidade a todos – contou.

Sobre a decisão contra o Flamengo, Claudice espera um grande jogo. Apesar da campanha invicta do adversário, a goleira acredita no potencial do Duque de Caxias para buscar o título do Campeonato Carioca.

– Com certeza será um grande jogo, no qual as duas equipes buscarão a vitória. Sabemos que o Flamengo é uma equipe qualificada, mas o nosso grupo também é. Elas ainda não perderam na competição, porém ainda não venceram todos os jogos, pois ainda resta a final. Toda a equipe está preparada, fizemos bons treinos durante a semana e podemos, sim, sair com o título – finalizou.

O Duque de Caxias chega à grande final com uma campanha sólida: quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota. O jogo contra o Flamengo será no sábado (24), às 15h, no Estádio de Moça Bonita, em Bangu. A partida terá transmissão ao vivo pela TV FERJ pelo Facebook e Youtube.

PARCEIROS