Raio-X do Duque de Caxias: de olho no Campos

Confira todas as informações do próximo adversário do Tricolor na B1!

Por: Sidney Araujo
13/11/2020 – 19:38
Foto: Arte DCFC / AMS

TERROR? Nada disso! Apesar de ser sexta-feira 13, o Duque de Caxias segue on! Após vitória acachapante sobre o Bonsucesso por 5 a 0, na última quarta (11), no Marrentão, o Tricolor da Baixada já pegou a estrada para Cardoso Moreira. Dessa forma, neste sábado (14), às 15h, no Estádio Ferreirão, o Duque terá a chance de engatar a segunda vitória consecutiva e assumir a liderança do Grupo A. Além do mais, a equipe do técnico Tinoco está invicta jogando longe de Xerém. Em seis partidas, o time venceu três jogos e empatou nas outras três ocasiões.

Leia mais: DUQUE DE CAXIAS GOLEIA O BONSUCESSO POR 5 A 0 EM XERÉM

Dessa forma, para ganhar três pontos e seguir na briga pelo acesso, o Duque vai ter que fazer boa apresentação e tomar cuidado com o que o adversário poderá oferecer em campo. Vale destacar que será o primeiro confronto fora de casa com transmissão da DUQUE TV. Então, se você ainda não deixou a sua inscrição e quer acompanhar o jogo ao vivo, corre lá que dá tempo!

CONHEÇA MAIS SOBRE O ADVERSÁRIO DO DUQUE DE CAXIAS

Fundado no dia 26 de outubro de 1912, o Campos Atlético Associação também faz parte da lista dos clubes centenários no Campeonato Carioca Série B1, ao lado de Olaria, Bonsucesso, Serrano e Goytacaz. Localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, o “Roxinho”, como é chamado, tem rivalidade com outras grandes agremiações históricas do Rio de Janeiro: Americano e Goytacaz. Na galeria de troféus, o Campos tem títulos estaduais importantes como a Taça Corcovado (2016), Primeiro Turno da Série B2 (2018) e o  Segundo Turno da Série B2 (2015).

Após 26 anos inativo, o Roxinho voltou à ativa em 2015, quando jogou a Série C (atualmente Série B2) e conseguiu o acesso para a Segunda Divisão (atual Série B1). No ano seguinte, a equipe foi vice-campeã da Série B1 e chegou ao acesso inédito para a primeira divisão do Rio de Janeiro. Pois apesar de ter mais de 100 anos de história, até então a tradicional equipe de Campos dos Goytacazes jamais havia jogado a Série A do Campeonato Carioca. Contudo, após se filiar de forma independente em 2017 junto à FERJ, o Campos acabou tendo que jogar a Série C do Rio (a quarta divisão).

Porém após duas campanhas meteóricas em 2017 e 2018, o Roxinho alcançou dos acessos em sequência e chegou até a Série B1 do Campeonato Carioca em 2019. No ano passado, o time chegou até as semifinais da Taça Santos Dumont, onde acabou sendo eliminado para o America. Diferente do primeiro turno, o Campos acabou fazendo uma Taça Corcovado irregular, mas conseguiu se garantir na B1.

Confrontos com o Duque de Caxias e fase atual

Houve apenas um jogo na história entre Duque de Caxias e Campos. No ano passado, jogando no Ferreirão, sendo o mesmo estádio do confronto deste sábado (14), os dois times empataram em 1 a 1 em uma partida eletrizante. O Duque perdia até o fim, quando Bruno Veiga acabou marcando aos 49 minutos do segundo tempo. Curiosamente, o meia Vandinho, que hoje está no Tricolor da Baixada, estava em campo com a camisa do Roxinho.

Atualmente, o time soma apenas sete pontos no Campeonato Carioca Série B1 e está na última colocação do torneio. Em 12 jogos, a equipe perdeu sete, empatou quatro e venceu apenas o Serrano.


ELENCO DO CAMPOS

Dados do Guia Rádio Super Torcida da Série B1 2020 

Goleiros: Elvis, Felipe e Ricardo Luiz

Laterais: Diego Faria, Esmael, Paulinho, Elton Lucas, Índio, Matheuzinho, Maicon, Lorhan e Leonam

Zagueiros: Edson, Wesley Gomes, Vitor Silva e Leonardo Silva

Volantes: Michel, Rogério Xodó. Alex Cardoso, Fábio Júnior, Jhonatan Costa e Matheus Silva

Meias: Kaique, Rodrigo Barbosa, Nicolas Silva, Jhonathan Silva e Valença

PATROCINADOR

PARCEIROS