Raio-X do Duque de Caxias: de olho no Goytacaz

Conheça o próximo adversário do Tricolor no Carioca Série B1!

Por: Sidney Araujo
20/11/2020 – 20:30
Foto: Arte DCFC / AMS

Voando alto! O Duque de Caxias vai em busca da sua quarta vitória consecutiva e duas classificações no Carioca B1. Para isso acontecer, o Tricolor da Baixada irá precisar vencer o Goytacaz neste sábado (21), às 15h, no Estádio Aryzão.

Leia mais: DUQUE QUEBRA TABU HISTÓRICO AO VENCER O SAMPAIO CORRÊA

Com 15 pontos na Taça Corcovado, o Duque é o líder do Grupo A e precisa de apenas mais uma vitória para se garantir nas semifinais do turno. Ainda mais, vale destacar que a equipe do técnico Tinoco também está no topo da classificação geral do Estadual com 31 pontos. Dessa forma, caso o Gigante Tricolor consiga bater o Goyta, o time também estará classificado para as semifinais do Campeonato Carioca Série B1, onde o Duque já jogaria pelo acesso.

Outra coisa importante, é que este será o último jogo do Duque de Caxias pela fase de grupos da Taça Corcovado, já que o Tricolor folga na última rodada. Além disso, a partida também tem um peso para o adversário, já que o Goytacaz briga para ficar entre os oito primeiros e se garantir na Série A2 de 2021.

CONHEÇA MAIS SOBRE O ADVERSÁRIO DO DUQUE DE CAXIAS

Fundado no dia 12 de agosto de 1912, o Goytacaz Futebol Clube faz parte da lista dos clubes centenários da Série B1, ao lado de Olaria, Bonsucesso, Serrano e Campos. Localizado em Campos dos Goytacazes, o “Goyta”, como é conhecido, tem como rivais históricos o Americano e o Campos, sendo o primeiro clube fundado na cidade. Em seu estádio, o Aryzão, o tetracampeão Bebeto marcou o seu primeiro gol como profissional em 1983.

Ainda mais, o Azul da Rua do Gás tem vários ídolos com muita história pelo futebol nacional, como Abel Braga e Amarildo. Em pesquisa levantada pela Revista Placar em 1972, o Goytacaz foi considerado o quinto time de maior torcida do Rio de Janeiro.

Com 108 anos de vida, o Goyta tem diversos títulos estaduais como os dois troféus do Carioca Série B1 (1982 e 2017), uma Taça Santos Dumont (2017) e um Carioca da Terceira Divisão (2011). Por outro lado, no quesito competições nacionais, o Rubro-Anil disputou seis Campeonatos Brasileiros Série A, cinco campeonatos da Segunda Divisão e um da terceira. Entre todos esses torneios, a melhor campanha foi o vice campeonato da Taça de Prata de 1985.

Confrontos com o Duque de Caxias e fase atual

Duque de Caxias e Goytacaz já se enfrentaram 10 vezes durante a história. Nesses duelos, o Duque venceu duas vezes, empatou três jogos e cinco derrotas. Na última partida entre os dois, no ano passado, o Tricolor da Baixada venceu por 3 a 1, no Marrentão.

Atualmente, o Goyta faz campanha irregular no Campeonato Carioca Série B1. Na Taça Santos Dumont, o time ficou em quarto lugar, onde conseguiu somar 10 pontos em sete jogos. Neste segundo turno, o Azul da Rua do Gás está, atualmente, na quarta colocação com nove pontos. Ainda mais, em relação à classificação geral, a agremiação ocupa a oitava posição. Dessa forma, o Goyta segue lutando para ficar entre os oito primeiros para garantir uma vaga na Série A1 de 2021.


ELENCO DO ADVERSÁRIO

(Dados fornecidos no Guia Rádio Super Torcida)

Goleiros: Adilson, Filipe Machado e Ítalo

Laterais: Matheus Maranhão, Mateus Silva e Caio Thimóteo

Zagueiros: Pessanha, Rafael Henriques, Matheus Nunes e Daniel Sanches

Volantes: Jackson, Léo, William Kaefer e Vinícius Rocha

Meias: Felipe Almeida, Lenílson, Rafael Freitas, Vinicinho e Gabriel Serros

Atacantes: Rodriguinho, Pepeu, Kevin Richardson, IgorRafael Castro e Fabinho

Técnico: Cleimar Rocha

PATROCINADOR

PARCEIROS